31/08/07

O Menino Triste d'aprés... José Carlos Fernandes - 1


Corria o ano de 2005, e durante o FIBDA desse ano ocorreu-me a seguinte ideia:

Então e se eu desenhasse O Menino Triste no estilo de outros autores?


O primeiro que me ocorreu, porque na altura estava exactamente ao meu lado, foi o José Carlos Fernandes. Depois de lhe ter falado da minha ideia, ele concordou, e dias depois apareci com o desenho que agora podem aqui ver, feito por mim, e deixando apenas um balão para o JCF preencher com a sua mestria.
A cena parodia o Director do Museu Nacional do Acessório e do Irrelevante, Roberto Rosz.


Espero que gostem, e tenho mais alguns já feitos, ao estilo de outros autores (nacionais e internacionais). Todos os meses irei deixar aqui um.

10 comentários:

Luís Graça disse...

Não se me oferece dizer nada sobre o assunto, mas como gostas de comentários no teu blogue, já postei um.

Luís Graça disse...

Sentindo a obrigação moral de postar comentários no teu blogue, cá estou eu outra vez.
Como não há posts novos e eu continuo sem ter nada a dizer sobre o assunto, deixo apenas mais um comentário, como forma de te fazer sentir a minha presença espiritual.

Não fiques triste, menino! A vida é mesmo assim.

phermad disse...

tá uma vinheta bem mandada.
força Mascarenhas!

Luís Graça disse...

Repara como as coisas são mágicas. Basta eu colocar um comentário perfeitamente inócuo e que não diz nada para aumentar em 1 comentário o número de comentários que já foram escritos neste post.
Espero desta forma contribuir para que não te sintas só.

J.Mascarenhas disse...

OK, mas o JCF merecia um comentário mais profundo, não?

Luís Graça disse...

Fora de brincadeiras, claro que sim.

E isso só não aconteceu porque ando tão cansado da cabeça e com os sonos tão trocados que seria injusto alinhavar ideias desconchavadas para analisar um dos maiores banda-desenhistas portugueses de todos os tempos, um gajo porreiríssimo e um dos analistas mais lúcidos do panorama da Banda Desenhada portuguesa.

Vale bem a pena ler os seus artigos para o BD Jornal, para além dos seus álbuns, claro.
E até nas colaborações com outros autores atinge padrões de qualidade muito elevados. "Crossroads", com o João Miguel Lameiras, é apenas um exemplo.

Em polémicas internetianas (creio que na Central Comics) já tive oportunidade de o defender, após alguns comentários do estilo: "Os prémios são sempre para o José Carlos Fernandes".

Sem procuração e sem que ele precise. Um homem que desenha tantos anos para a gaveta e se mantém sereno como ele, para além do talento revela uma enorme paixão pela BD.
Só pode ser merecedor do nosso maior respeito.

(Pode ser transferência bancária, cheque ou em gajas, ó Zé Carlos)

J.Mascarenhas disse...

É com muito prazer que divulgamos aqui a referência a este trabalho, no blog polaco

http://www.przypadkiem.blogspot.com/

Quem compreender polaco, pode fazer a tradução ;))

De referir que o Blog pertence a Jakub Jankowski, que esteve recentemente em Portugal, e está empenhado na edição da BD portuguesa na Polónia. Os primeiros trabalhos a serem editados são os de José Carlos Fernandes.

ze disse...

olá
Tambem sou JCF tambem gosto de BD fazer uma parceria no meu projecto pois as ideias que tenho era mais facil de ver em varios desenhos e eu a desenho sou um 0 espero que 2 JCF juntos podemos construir muitas coisas porque não?
Obrigado
www.josecarlosfernandes.blogspot.com

Anónimo disse...

If you suffer from hair loss, hair implants may be one way to help you.
[url=http://www.hair-restoration-surgery.com/]hair transplant cost[/url]

Anónimo disse...

commander cialis , vente cialis, acquisto cialis, cialis.