11/11/08

O Menino Triste no FIBDA2008


E pronto! Concluiu-se mais um Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora.
Este teve para O Menino Triste (e para mim, claro!) três aspectos essenciais: a exposição de originais do livro A Essência, o lançamento do livro (graças à Qual Albatroz - muito obrigado Zé e Marc) e o contacto com os leitores.
Este último aspecto foi-me muito prazeroso e grato, já que pude conhecer pessoas que não apenas lêem o meu trabalho, como o apreciam e divulgam.
Efectivamente, tive pena que algumas conversas durassem apenas o tempo de um breve desenho, mas deu para perceber a (grande) qualidade dos leitores dO Menino Triste. Uns, novos leitores, que o descobriram graças à exposição (e foram muitos), outros que para surpresa minha já seguem o trabalho desde o início (2001), mas que eu não os conhecia, e outros já velhos amigos.
A grande amizade que roda em torno dO Menino Triste foi bem patente nas presenças que lotaram e extravasaram a capacidade do Auditório do FIBDA no dia do lançamento. Espero que a personagem consiga continuar a cativar todos os seus já grandes amigos!

4 comentários:

Pan disse...

Longa vida ao Menino Triste! Mais uma vez muitos parabéns pela exposição e pela extrema qualidade das histórias, desenhos e contagiante "tristeza", deste menino que nos anda a encantar!
Abraço
Francisco

csa disse...

Também eu deixo os parabéns ao Menino Triste e seu criador.
Esse menino é mesmo fascinante!

J.Mascarenhas disse...

Pan e csa:
Muito obrigado pelas vossas palavras. Não sei que dizer mais :)
Abraços, voltem sempre e tragam mais amigos.

Gustavo Carreira (requiem) disse...

Foi, verdadeiramente, um prazer conhecer-te.
Realmente, soube a pouco a breve conversa que tivemos, mas haveremos de nos cruzar por aí, com mais tempo para conviver.
Abraço e obrigado pelo apoio ao BD Tube.