19/08/08

A Essência - O Novo Livro d'O Menino Triste


Qual busca por um Graal perdido ultrapassando os limites do real, a demanda pela Essência da Arte, tal como um percurso iniciático, parte rumo à descoberta de novas paragens, deparando com sociedades secretas, intrigas, conflitos pessoais, muita beleza e claro... muita Arte.
A história de A Essência decorre nos anos de 1980, altura em que O Menino Triste frequenta a Universidade de Coimbra, num curso de Engenharia.


Paralelamente aos estudos, O Menino Triste é também autor de Banda Desenhada. Um dia, confrontado com o facto de ter de realizar mais uma história, verifica com desgosto que nada consegue fazer. A história não lhe sai, é incapaz de fazer um traço coerente numa folha de papel. Falta-lhe inspiração.

Em conversa com alguns amigos da Universidade, trocam ideias e conceitos sobre o que é a Arte. O Menino Triste confessa que gostaria muito de conhecer A Essência da Arte, pois segundo ele, aí reside todo o “segredo” artístico do acto criativo:
“Será que se um artista tivesse conhecimento sobre o que é a Essência da Arte, mais facilmente criaria?”, diz.
Depois de alguma troca de palavras, decide, por sugestão dos amigos, fazer uma viagem (como é defendido por alguns pensadores, a “viagem” significa também um percurso iniciático).

A viagem leva-o até Veneza, pois como se sabe muitos dos grandes nomes das Artes aí residiram, ou por aí passaram: Leonardo da Vinci e Wagner são dois dos muitos nomes.
Numa altura em que o livro está quase, quase na gráfica, mostro-vos a página 19, que é exactamente passada na Sereníssima.

13 comentários:

csa disse...

Tem muito bom aspecto o livro.
Onde podemos encontrá-lo?
Também gostaria de descobrir qual é a essência da arte, embora eu só consiga fazer uns desenhos toscos que, por brincadeira, ponho no meu blog.

J.Mascarenhas disse...

Viva csa:
O segredo da Essência da Arte está mais próximo de cada um de nós do que se poderia pensar ;)
Quanto ao Livro, estará disponível a partir de Outubro (finais), e por todo o país.
Muita BD!

GEvan.. disse...

Viva Mascarenhas! Tudo bem?
Um grande abraço e boa sorte para o novo livro do Menino Triste!

J.Mascarenhas disse...

Obrigado GeVan:
Volta sempre!
Abraços.

Anónimo disse...

espero que tenham muita sorte com o livro , e que vendam bem...(ai ai era o que eu queria para o meu proprio livro ) e vem aí mais um gambuzine lá para setembro olé
TCP

Joana disse...

Este nível de detalhe está simplesmente fenomenal. Vou querer uma cópia também sim senhor!

Abraços!
~Joana Lafuente

J.Mascarenhas disse...

Teresa e Joana:
Muito obrigado pelo apoio.

Joana, este é o livro "mais barroco" do MT. Espero que gostes do efeito final!

tgo disse...

ouvi dizer, ha dois dias, que o livro esta quase ;-) o meu espiao acabou de voltar de Portugal. Tirou fotografias com a sua maquina microscopica ;-)

abracos meninos.

"Up, up and away! or whatever the hell the expression is" :-)

J.Mascarenhas disse...

Olá Yakub:
Se o teu espião te disse isso, é porque é de confiança.
Sim, está quase.
Abraços

drm disse...

Força Mascarenhas!

Johnny disse...

Parabéns, gostei muito daquilo que vi até agora. O filme de apresentação tá bem descacado!!
Saúde!!

Ana Tsep disse...

Brilhante Mascarenhas!!

Iniciei-me agora no mundo virtual com um blogue que ainda é um embrião.

Chama-se Falcão Esquecido e pretende ser um blogue de poesia.

Um amigo e sócio da artessetra - associação artística falou-me do lançamento do livro, mas não pude comparecer.

A ideia é sábia, os desenhos são poderosos e o menino é actual e... triste.

Bravo.

Post Scriptum: Vou "linkart" no meu blogue.

J.Mascarenhas disse...

Olá Ana:
Muito obrigado pelas tuas palavras.
E gostei também do teu poema inicial no Falcão Esquecido. Vou lá voltar regularmente.
Felicidades e volta sempre.