24/05/08

O Filme de Apresentação d'A Essência


Como vos disse no post anterior, o próximo livro d'O Menino Triste foi apresentado pela editora Qual Albatroz, no Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja.
Para os que não tiveram a possibilidade de se deslocar até à Pax Julia, aqui vos deixo agora o filme de apresentação.
Nele, Winston Churchill, Audrey Hepburn e John Wayne falam-nos sobre o seu relacionamento com O Menino Triste assim como do próximo livro.
Liguem o som e cliquem aqui.

7 comentários:

Inês Ramos disse...

Tá muita fixe!
:-)

Luís Graça disse...

Levas um 16 (de 0 a 20) e já vais com sorte.

Perdeste quatro valores nos seguintes itens:

--- Há uma vírgula fora do sítio.

--- A música de fundo começa por me agradar, mas para o final já estava a começar a ficar farto. Foi nessa altura que percebi que me estava a desconcentrar um bocado do texto. Acho que outro fundo musical (menos agressivo) podia ajudar.

--- A piada do John Wayne cair do cavalo não é lá grande Winchester.
Podiam arranjar outra coisa para justificar. Dá mais nas vistas porque é no final. Ou seja, há um estilo "slapstick" que vem descer o nível da fina ironia das participações anteriores.

--- Acho que os Simpsons poderiam ter aparecido antes.
Eu fiquei na dúvida: o trailer já acabou?

Os 16 são devidos a:

--- Muito bom "concept"

--- Muito bom grafismo

--- Mérito particular às notícias sobre o Menino Triste na Comunicação Social.

Cumpre bem a função do trailer.
Bons ventos e um abraço.

J.Mascarenhas disse...

Olá Inês: És sempre bem-vinda!

Olá Professor Martelo, perdão... Luis. Vejo que estás sempre atento, e ainda bem. Um 16 já não é nada mau;) Vamos ver se levantamos a nota para a segunda época.
Em relação ao tema músical és capaz de ter alguma razão, mas ele foi escolhido principalmente por causa da letra, que tem a ver com a questão de fundo da história: "When I look deep in your eyes I sware I can see your soul!" Espera e logo vês. Quanto à escolha dos clips, só eu é que sei ;))
De qualquer das formas, obrigado!
Abraços

mtz&qba disse...

e isso mesmo, assim e que se faz publicidade :-)

fica triste :-(

Luís Graça disse...

Circulei até à "Qual Albatroz" e perdi-me a voar pelo site. Fartei-me de tentar códigos e nem consegui deixar o meu abraço no livro de visitas.
Preciso apenas de uma testemunha de que lá estive.

Pá, deixa lá a segunda época. Para que é preciso melhorar um 16?

Adauto A. S. Suannes disse...

Eu gostava (como se diz em Portugal) de voar pelas asas da Albatroz. Aceitará ela passageiros que vivem do ldo de cá do ocenao? Adauto

J.Mascarenhas disse...

Viva Adauto:
Fico feliz pel'O Menino Triste ter cruzado o Atlântico!
EM relação a esta questão, só o editor da Qual Albatroz lhe poderá dar resposta (www.qualalbatroz.pt).
Continue aparecendo por aqui!
Abraços