14/11/07

Os Amigos de ÉmeTê - 5/8


A habitual irreverência de ÁLVARO.
Baseada numa vinheta do segundo livro d'O Menino Triste, o ÁLVARO participou com a ilustração que agora revelamos aqui no blog, na exposição de 2005 realizada no FIBDA.
O trabalho de charge de que o ÁLVARO é autor, está (quanto a mim) ao nível dos melhores autores mundiais na área. Dono de um traço peculiar conjuntamente com um humor corrosivo, o ÁLVARO tem-nos brindado com trabalhos de excepção e de enorme poder de observação social e, diria mesmo, antropológica!
Podem ver as suas pérolas neste local.
Quiçá esta seja uma faceta secreta d'O Menino Triste.
Quiçá!

2 comentários:

Luís Graça disse...

Apreciei o trabalho do Álvaro logo no FIBDA. Foi dos meus favoritos.
Se não fosse o Álvaro, estava bem lixado o Menino Triste, que o Mascarenhas nunca o leva a "dar umas voltas" a locais interessantes.

J.Mascarenhas disse...

Oh Luis. Lê com atenção os dois livros d'O Menino Triste, e vais ver que mudas de opinião.
Aliás, no primeiro, a "tal cena" está ao nível de um Saramago;)) Posso-te depois explicar.